Paulo Freire apresenta show inédito no Diversão em Cena ArcelorMittal
Publicado por

Paulo Freire apresenta show inédito no Diversão em Cena ArcelorMittal

“Violinha Contadeira” é atração do final de semana em Belo Horizonte

Dedicado a toda família, Violinha Cantadeira é o trabalho mais recente do violeiro Paulo Freire. Inédito em João Monlevade, o show conta com a participação da criançada na construção das histórias e na cantoria das músicas. No dia 16 de julho, às 16h, o músico levará “causos” cantados para o Teatro Bradesco.

Durante 10 anos, Paulo Freire percorreu Santa Catarina com um projeto chamado “Baú de Histórias”, mexendo com a imaginação do público de todas as idades. “Gosto de contar histórias com figuras conhecidas da mitologia brasileira. Sempre busquei fazer repertórios bem diferentes, com contos que fossem significativos para a cultura brasileira e para o universo das crianças. São histórias que vou aprendendo pela vida, com pessoas que encontro pela estrada”, explica o violeiro.

Neste trabalho, o violeiro e compositor transporta a plateia para lugares únicos com contos que fizeram sucesso nessa jornada. As histórias são entremeadas por canções que Paulo Freire aprendeu com mestres da viola do sertão, além de suas próprias composições. Entre os personagens que ilustram as histórias estão Rairu e Caro Sacaibo, da lenda que explica o povoamento da Terra; Mapinguari, monstro que habita a floresta Amazônica; Curupira, em uma história sobre justiça; além de uma divertida corrida entre um sapo e um veado.

Se o grande trunfo da contação é atiçar a mente, Freire explora ao máximo a imaginação de baixinhos e grandinhos. “São contos que não dependem muito do gestual, mas que cumprem o objetivo com a palavra. Gosto entre uma história e outra de tocar uma música, porque anima e promove uma interação muito positiva”, afirma.

Paulo Freire aprendeu a tocar viola no norte de Minas, em 1977, com mestres como Manoel de Oliveira. Compôs trilhas para o seriado “Grande Sertão Veredas” e para reportagens do programa Globo Rural. Tocou em documentários e filmes, como “Deus é Brasileiro”, de Cacá Diegues, além de ter se apresentado em palcos no Brasil e no exterior. Atualmente, leva seus casos e sua viola para shows e oficinas em todo país.

Considerado o maior programa nacional de formação de público infantil no Brasil, o Diversão em Cena é viabilizado por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e tem o objetivo de contribuir para a formação de público para teatro, oferecendo espetáculos de qualidade. Em uma maratona cultural, o projeto traz a João Monlevade, até novembro, uma programação com espetáculos infantis. A agenda completa está disponível no site www.famb.org.br.

DIVERSÃO EM CENA ARCELORMITTAL

Paulo Freire – “Violinha Contadeira”

Data: 16 de julho – Domingo

Horário: 16h

Local: Teatro Bradesco | Rua da Bahia, 2244 – Lourdes – Belo Horizonte, MG

Indicação Etária: Livre

Entrada: R$ 10,00

Ficha técnica: Paulo Freire – voz e viola

Duração: 50 minutos

Assessoria de imprensa – Beth Santos

A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco, tocando um instrumento musical, violão e noite
0 0 560 07 julho, 2017 Agenda Cultural julho 7, 2017

Sobre o autor

CEO e Co-fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • CRIANÇAS TOCAM SINO DA CURA PARA COMEMORAR FIM DO TRATAMENTO ONCOLÓGICO NO HOSPITAL DA BALEIA
    CRIANÇAS TOCAM SINO DA CURA PARA COMEMORAR FIM DO TRATAMENTO ONCOLÓGICO NO HOSPITAL DA BALEIA
  • Escalada para o Planeta Brasil, Orquesta Atípica de Lhamas lança seu primeiro single na terça-feira
  • Carnaval SP – TRYP Jesuíno Arruda lança promoção exclusiva para clientes que viajam com seus pets
  • Temer nega ter autorizado Rocha Loures a negociar em seu nome
  • Moscou registra o mês mais escuro de sua história
  • Carro invade calçadão da praia de Copacabana e deixa feridos
  • Cotação do real em relação ao euro e ao dólar