MAURÍCIO TIZUMBA CELEBRA 60 ANOS DE VIDA E 45 ANOS DE CARREIRA
Publicado por

MAURÍCIO TIZUMBA CELEBRA 60 ANOS DE VIDA E 45 ANOS DE CARREIRA

Um dos ícones da cultura afro-mineira, o multiartista vai comemorar as datas em show que reunirá o grupo Tambor Mineiro, o Bloco Saúde, Chico Amaral, Júlia Dias, Marcus Viana e Titane, no Teatro Francisco Nunes, no dia 12 de dezembro, terça-feira, às 20h, com entrada gratuita

A minha vida inteira eu me vi envolvido com a arte, com as manifestações de resistência afro-mineira. Foi no congado, no candomblé, nas manifestações populares, – nasci dentro delas -, que a música foi entrando dentro de mim e, desde então, caminho nessa direção, diz Maurício Tizumba, num restrospecto sobre sua trajetória artística que chega aos 45 anos, no mesmo momento em que celebra seis décadas de vida. Para comemorar, Tizumba recebe na terça-feira (12/12), a partir das 20h, no palco do Teatro Francisco Nunes, grandes artistas para um show gratuito. O grupo Tambor Mineiro, o Bloco Saúde, Chico Amaral, Júlia Dias, Marcus Viana e Titane estarão na programação do evento que também faz parte das comemorações dos 120 anos de Belo Horizonte.

Um artista nato com uma carreira que tem a cultura negra como marca registrada nas diferentes formas de expressão em que atua, seja na música, teatro ou cinema. Maurício Tizumba foi capaz de estabelecer em sua trajetória no mundo das artes – que começou quando ainda era criança, na extinta TV Itacolomi – um forte diálogo entre diversas linguagens e entre a arte e as manifestações populares tradicionais da cultura afro. Eu não consigo separar o que eu acredito do que eu faço. Não consigo caminhar sem pensar naquele tambor, não consigo compor sem pensar numa viola, e sempre vou propor algo ligado ao meu universo. As coisas que eu canto, mesmo que seja um rock, ou que seja um xote ou um fox, boto uma coisa da música afro-mineira que vem carregada de uma ancestralidade que me fortalece, diz Tizumba.

Nascido e criado em Belo Horizonte, Maurício Tizumba contribuiu para a conquista de espaço para as manifestações da arte negra na cena cultural da cidade. Nos seus 45 anos de atuação artística, foram dezenas de espetáculos, várias premiações e trabalhos que levaram sua arte e sua crença para várias cidades brasileiras e diversos países.

Show de lancamento do DVD de Mauricio Tizumba
Mercado Distrital do Cruzeiro
Belo Horizonte – MG
data: 04.03.2008
fotografo leonardo lara

Uma vida dedicada à arte

Maurício Tizumba trabalhou com diferentes formas de expressão cultural, como a música, o teatro e o cinema. Destaque também para sua notável habilidade de contar histórias. Ator, compositor, cantor, multiinstrumentista, diretor musical e capitão de congado,Tizumba é formado pelo Teatro Universitário da Universidade Federal de Minas Gerais. Transitando pelo cinema, pela TV e pelo teatro, atuou em mais de 30 espetáculos, sendo 25 musicais, entre eles, a trilogia de João das Neves: Bituca, com músicas de Milton Nascimento, e “Besouro Cordão de Ouro” Galanga Chico Rei, com músicas de Paulo César Pinheiro (a experiência deste último se desdobrou em álbum homônimo, o sexto da carreira, criado em parceria com Sérgio Santos). 

Ainda no teatro, participou da criação da Cia. Burlantins, em 1996, quando iniciou seus trabalhos junto a Tim Rescala, encontro que se desdobrou nos musicais “PianissimoA Sombra do Sucesso” A Turma do Pererê” e na opereta “O Homem que Sabia Português.

Pela atuação como o jumento do infantil “Os Saltimbancos”, no Rio de Janeiro, ganhou o Prêmio Zilka Salaberry de Melhor Ator, em 2010. No ano passado foi indicado como Melhor Ator Coadjuvante, concorrendo ao prêmio Bibi Ferreira, no espetáculo “Gabriela” de João Falcão.

É também idealizador da Mostra Benjamin de Oliveira e do Espaço Cultural Tambor Mineiro. Já excursionou por Estados Unidos, Canadá e Europa, sendo um dos representantes de Minas Gerais no “Ano do Brasil na França”. Com o seu grupo de tambor mineiro participou do New Orleans Jazz Festival e por quatro edições do Landesmusikakademie Berlim. Recentemente, esteve em Bangladesh participando do Dhaka International Folk Fest. 

Link com imagens:

https://www.youtube.com/watch?v=3RcUyK8RvII

SERVIÇO

Mauricio Tizumba 60 anos de vida e 45 de carreira recebe: Tambor Mineiro, Bloco Saúde, Chico Amaral , Júlia Dias, Marcus Viana e Titane

Data: 12/12, terça-feira – Horário: às 20h

Local: Teatro Francisco Nunes: Av. Afonso Pena, s/n – Centro

GRATUITO

Os ingressos serão distribuídos uma hora antes do show.

Informações para a imprensa: Luz Comunicação – www.luzcomunicacao.com.br

Coordenação: Jozane Faleiro – 31 992046367 / 31 35676714- jozane@luzcomunicacao.com.br

Atendimento: Wandra Araújo – 31 999645007 – imprensa@jozanefaleiro.com

0 0 1010 02 dezembro, 2017 Agenda Cultural, Eventos/Moda dezembro 2, 2017

Sobre o autor

CEO e Co-fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • Dúvidas sobre condomínio de lotes e direito de laje serão debatidas em oficina no próximo dia 31 de janeiro em São Paulo
    Dúvidas sobre condomínio de lotes e direito de laje serão debatidas em oficina no próximo dia 31 de janeiro em São Paulo
  • Entra em vigor lei que obriga manutenção de sistemas de ar condicionado
  • CPRT/CBIC dá início à agenda de trabalho de 2018 no próximo dia 30 de janeiro
  • Conselho Nacional do Trabalho dá início aos trabalhos de 2018
  • Em Movimento: como a construção civil movimenta a economia e gera empregos
  • Cientistas descobrem o que dizimou astecas
  • OMS põe todo estado de SP em área de risco para febre amarela