Chico Lobo e Ricardo Nazar juntos, pela primeira vez, no palco do Dois na Quinta
Publicado por

Chico Lobo e Ricardo Nazar juntos, pela primeira vez, no palco do Dois na Quinta

Com carreiras consolidadas, eles compartilharão experiências e influências, em um diálogo entre o cancionário da viola raiz e da música popular brasileira

Chico Lobo e Ricardo Nazar são os convidados do Dois na Quinta, dia 6 de julho, às 19h30, no Teatro da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais. Além dos sucessos de suas carreiras solo, eles apresentarão juntos canções escolhidas especialmente para o show. Chico será acompanhado pelo seu parceiro de mais de 20 anos, o percussionista Carlinhos Ferreira, enquanto Ricardo subirá ao palco ao lado de Renato Saldanha (violão) e Christiano Caldas (teclado e acordeon), além de contar com a participação especial de Luiza Lara.

“É um prazer participar desse encontro. Costumo dizer que marco minha carreira por parcerias, trocas que acrescentam qualquer artista”, explica Chico Lobo. Com carreiras autorais consolidadas, eles vão misturar seus estilos musicais. “Chico vai para o lado raiz, regionalista, eu já trabalho com a MPB. Mas nosso repertório é bem parecido, porque traz nossa essência. Vai ser um diferencial”, conta Ricardo.

A dupla preparou duas músicas autorais e duas já conhecidas pelo público. “Separamos uma música que traz a viola para a música popular brasileira”, detalha Chico Lobo. Os nomes das canções são uma surpresa para o público que comparecer ao show.

Eles também interpretarão seus sucessos. Chico Lobo fará um passeio pela sua carreira, que inclui uma composição que ele fez em homenagem a Maria Bethânia e que contou com a participação da cantora na gravação da música em seu CD. O músico Ricardo Nazar, que tem composições gravadas por Telo Borges, Kadu Vianna, Paulinho Pedra Azul e Vander Lee, vai trazer canções de seus três CD’s solo lançados. “Na música A Lágrima e o Rio, que fiz em parceria com Milton Nascimento e Wilson Lopes, vou contar com a participação especial de Luiza Lara”, conta.

Para os artistas, a oportunidade de estarem juntos no palco da série de shows é motivo de comemoração. “Esse evento proporciona estar junto no palco. Cada um tem a sua agenda, e unir dois artistas que não são do mesmo perfil é muito legal e saudável”, confirma o violeiro Chico Lobo.

Até o mês de novembro, serão realizados 14 shows, com artistas de gerações, estilos e personalidades diferentes, que se encontrarão no palco do programa para apresentações inéditas e especiais. Os encontros serão sempre às quintas, às 19h30, no Teatro da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa.

Saiba mais sobre os artistas

– Chico Lobo

Com mais de 30 anos dedicados à viola caipira, o violeiro, compositor e cantor traz para seus trabalhos as folias, congados, catiras, modas e ritmos que dizem muito sobre as raízes mineiras.

– Ricardo Nazar

O músico tem composições gravadas por Telo Borges, Kadu Vianna, Paulinho Pedra Azul e Vander Lee. Com Wilson Lopes, divide a autoria de A Lágrima e o Rio, com Milton Nascimento, no CD “Pietá”.

Programação

6 de julho – Chico Lobo e Ricardo Nazar

20 de julho – Berimbrown e Douglas Din

10 de agosto – Bianca Luar e Tattá Spalla

24 de agosto – Bia Nogueira e Wilson Dias

14 de setembro – Lucas Avelar e Marcelo Veronez

28 de setembro – Mariana Nunes e Todos os Caetanos do Mundo

5 de outubro – Wolf Borges e Rodrigo Borges

19 de outubro – Matheus Brant e Tamara Franklin

16 de novembro – Grupo Tradição e Pirulito da Vila

23 de novembro – Di Souza e Fernando Bento

Conheça o BDMG Cultural

O BDMG Cultural é um instituto que há 29 anos realiza ações na área da música, das artes visuais, do audiovisual e das artes cênicas. Braço cultural do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, a instituição acredita que a cultura faz parte do desenvolvimento e está diretamente ligada a qualidade de vida. Suas ações culturais abrem espaço para jovens, novos e consagrados artistas. A galeria de arte promove exposições abertas à visitação diariamente, de 10h às 18h, inclusive aos finais de semana e feriados. A instituição faz parte do Circuito Liberdade, corredor cultural localizado em uma histórica área da capital mineira e composto por 16 equipamentos, entre museus e centros culturais.

Serviço

Dois na Quinta apresenta Chico Lobo e Ricardo Nazar

Dia 6 de julho, às 19h30

Teatro da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais – Praça da Liberdade, 21, Funcionários

Ingressos: R$10 (inteira) / R$5 (meia-entrada)

Ingressos antecipados: Acústica CD – Rua Fernandes Tourinho, 300 (3281-6720)

No dia do evento: 1 hora antes na bilheteria do teatro

Mais informações: (31) 3219-8691

Assessoria de imprensa: Luiza Serrano

LUIZA SERRANO
Assessora de Comunicação
Tel: (31) 3219-8691 Cel: (31) 99313-5508
www.bdmgcultural.mg.gov.br

BDMG CULTURAL

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, óculos
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, violão e área interna
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna
6 pessoas alcançadas
0 0 630 04 julho, 2017 Agenda Cultural julho 4, 2017

Sobre o autor

CEO e Co-fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • Dúvidas sobre condomínio de lotes e direito de laje serão debatidas em oficina no próximo dia 31 de janeiro em São Paulo
    Dúvidas sobre condomínio de lotes e direito de laje serão debatidas em oficina no próximo dia 31 de janeiro em São Paulo
  • Entra em vigor lei que obriga manutenção de sistemas de ar condicionado
  • CPRT/CBIC dá início à agenda de trabalho de 2018 no próximo dia 30 de janeiro
  • Conselho Nacional do Trabalho dá início aos trabalhos de 2018
  • Em Movimento: como a construção civil movimenta a economia e gera empregos
  • Cientistas descobrem o que dizimou astecas
  • OMS põe todo estado de SP em área de risco para febre amarela