Alemão deixa torneiras de casa abertas ininterruptamente por um ano
Publicado por

Alemão deixa torneiras de casa abertas ininterruptamente por um ano

Alemanha

Depois de registrar consumo de 7 milhões de litros de água, companhia de saneamento aciona a polícia. Homem, que morava no local, é internado em clínica psiquiátrica. Desperdício gerou uma conta de 10,8 mil euros.

Além das torneiras abertas, ele deixou a descarga funcionando o tempo todo Além das torneiras abertas, ele deixou a descarga funcionando o tempo todo

Um alemão de 31 anos da cidade de Salzgitter, na Baixa Saxônia, deixou todas as torneiras abertas e a descarga funcionando de seu apartamento ininterruptamente por um ano, afirmou a polícia local nesta sexta-feira (13/10). A ação causou um desperdício de cerca de 7 milhões de litros de água e gerou uma conta de 10,8 mil euros.

Diante do imenso consumo de água, a companhia de saneamento básico e a empresa que administra o prédio chamaram a polícia na quinta-feira. O morador do apartamento debaixo havia também alertado o zelador sobre um possível vazamento no imóvel de cima.

O homem se recusou a abrir a porta para os policiais, que foi arrombada. Após o arrombamento, ele lutou com os policiais, ferindo três deles. A polícia usou gás de pimenta para contê-lo. Ele foi detido e, posteriormente, internado uma clínica psiquiátrica.

O maior dano foi causado no apartamento debaixo. A polícia não tem informações se o vazamento danificou o resto do prédio.

A média de consumo anual de água na Alemanha é de cerca de 44 mil litros por pessoa.

0 0 400 14 outubro, 2017 Acontecimentos outubro 14, 2017

Sobre o autor

CEO e Co-fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • Temer nega ter autorizado Rocha Loures a negociar em seu nome
    Temer nega ter autorizado Rocha Loures a negociar em seu nome
  • Moscou registra o mês mais escuro de sua história
  • Carro invade calçadão da praia de Copacabana e deixa feridos
  • Cotação do real em relação ao euro e ao dólar
  • Segurança em foco
  • Meliá lança campanha Super Sale com até 40% OFF em diversos destinos ao redor do mundo
  • Literatura para todos