Moradores do Rio protestam contra violência
Publicado por

Moradores do Rio protestam contra violência

BRASIL

Manifestação reúne cerca de 400 moradores da zona sul da cidade e se encerra com protesto em frente ao Palácio Guanabara. Participantes cobram melhorias na segurança.

defaultCerca de 400 pessoas participaram da caminhada, que passou por várias ruas da cidade

Centenas de pessoas vestidas de branco participaram neste domingo (25/02) de um protesto contra a violência e a favor de mais políticas públicas de segurança no Rio de Janeiro.

Leia mais: Intervenção às pressas no Rio gera dúvidas sobre intenção e eficácia

A manifestação caminhou do Largo do Machado até o Palácio Guanabara, sede do governo estadual, passando por várias ruas do Rio de Janeiro. Segundo o jornal O Globo, cerca de 400 pessoas participaram da caminhada.

O protesto foi convocado por associações de moradores, que se queixaram do aumento da insegurança. A cidade enfrenta uma onda de violência que levou o governo federal a decretar intervenção na área de segurança pública.

Protest gegen die Gewalt in Rio de Janeiro. 25 Oktober 2018.Protesto foi convocado por associações de moradores, que se queixaram do aumento da insegurança

Houve reclamações sobre a falta de patrulhamento e cobranças pelo uso da inteligência policial nos bairros de Laranjeiras, Catete, Flamengo e Botafogo. “Há uma sensação de insegurança amparada nos relatos que recebemos. São bandidos de fuzil assaltando pedestres em plena luz do dia, na porta de casa”, disse uma das organizadoras do protesto, a fisioterapeuta Bebel Costa.

Os manifestantes criticaram a gestão do governador Luiz Fernando Pezão e do prefeito Marcelo Crivella, cobrando melhorias na cidade, como na iluminação pública, além da destinação de impostos para ações de segurança, como a inteligência policial, a valorização dos agentes e reparos nas viaturas paradas.

Quando o grupo chegou ao Palácio Guanabara foi feito um minuto de silêncio em memória de policiais mortos. Os manifestantes exibiram cartazes com os dizeres “paz”, “segurança” e “justiça”.

Fonte:Deutsche Welle

0 0 680 26 fevereiro, 2018 Acontecimentos fevereiro 26, 2018

Sobre o autor

CEO e Fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Diário do Comércio, Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club.

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • Lançamento em MG do livro Canto Mineral, Drummond+Bracher
    Lançamento em MG do livro Canto Mineral, Drummond+Bracher
  • Especialistas debatem novidades no tratamento do Câncer de Pulmão em Workshop gratuito
  • Setor comemora decisão do STJ de transferir ao adquirente de imóvel do PMCMV o pagamento da comissão de corretagem
  • Caixa Econômica Federal, gestora do FI-FGTS, quer mais transparência, melhor governança e equidade de condições entre os investidores do Fundo
  • Evento gratuito | Autismo sem barreiras (23 de junho)
  • Festa junina do Minas Tênis Clube aposta na conscientização sobre a preservação do Cerrado
  • Fuga da América Central é única opção para muitos