Desenvolvedora de soluções socioambientais, Morada da Floresta, cria, em parceria com Prefeitura de Ilhabela, projeto para compostagem em escolas municipais
Publicado por

Desenvolvedora de soluções socioambientais, Morada da Floresta, cria, em parceria com Prefeitura de Ilhabela, projeto para compostagem em escolas municipais

 

Morada da Floresta – empresa especializada na criação em execução soluções, capacitação e projetos voltados para práticas ambientalmente sustentáveis – está desenvolvendo juntamente com a Prefeitura Municipal de Ilhabela, no litoral paulista, um projeto para compostagem em 14 escolas municipais. Essa iniciativa permitirá que cerca de 4.500 alunos dessas escolas acompanhem a transformação de restos da preparação de merendas, podas de árvores e varrição em adubo, por meio de um processo que utiliza cilindros para a compostagem termofílica.

Em todas as instituições contempladas pelo projeto, os estudantes participarão diretamente da separação dos resíduos orgânicos que serão encaminhados para a compostagem. Como o processo de compostagem será inserido no Currículo e Programa Político Pedagógico de Ilhabela em 2018, o tema estará presentes nas salas de aula durante todo o ano. “Em algumas escolas, inclusive, os alunos auxiliarão os professores na manutenção e mensuração do processo”, explica o diretor da Morada da Floresta, Cláudio Spínola. Cada escola terá a liberdade para criar e desenvolver as atividades para o projeto de compostagem. “Não há determinação por parte do projeto de como isto irá acontecer, porém realizamos diversas sugestões pedagógicas para um maior engajamento e envolvimento dos alunos. A ideia é estimular um mix de engajamentos a partir de cada realidade escolar”, complementa engenheiro ambiental e urbano da Morada da Floresta, Victor H. Argentino de M. Vieira. Além disso, será realizado um concurso em que os alunos poderão sugerir um nome para a iniciativa. Os alunos participarão, ainda, de atividades de plantio com o adubo produzido pela compostagem

Sobre a Morada da Floresta:

Presente no mercado desde 2009, a Morada da Floresta é idealizadora da Humi, uma composteira doméstica indicada para casa e apartamentos, que se caracteriza por possuir um design inovador e diferenciado. Além de ser compacta, higiênica e não produzir odor, os detalhes da Humi melhoram o bem estar das minhocas e facilitam consideravelmente o manuseio. Com atuação em todo o país, a Morada da Floresta é uma das integrantes do portfólio da Baanko, que tem como objetivo potencializar e investir em Negócios de Impacto cujas propostas de serviços e produtos estejam alinhados com uma ou mais premissas dos “Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis” (ODS) da ONU. Outras informações sobre a Morada da Floresta podem ser obtidas no site www.moradadafloresta.eco.br.

0 0 1050 12 março, 2018 Fique Por Dentro março 12, 2018

Sobre o autor

CEO e Fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Diário do Comércio, Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club.

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • As últimas cegonhas de Berlim
    As últimas cegonhas de Berlim
  • Opinião: A América se faz menor do que nunca
  • Quanto recebe um refugiado na Europa?
  • Mundo tem recorde de pessoas deslocadas
  • Dobra busca por refúgio no Brasil
  • SKEMA BUSINESS SCHOOL CHEGA AO BRASIL PARA FORMAR EXECUTIVOS GLOBAIS
  • VII Fliaraxá com o tema “Alma, Leitura e Revolução”