Sempre Um Papo recebe Marcia Tiburi
Publicado por

Sempre Um Papo recebe Marcia Tiburi

O Sempre Um Papo recebe a filósofa e escritora, Marcia Tiburi para o debate e o lançamento do livro de ensaios “Ridículo Político – Uma Investigação Sobre o Risível, a Manipulação da Imagem e o Esteticamente Correto” (Record), obra que faz uma reflexão sobre a manipulação da imagem em tempos de esvaziamento da política. O evento será no dia 17 de agosto, quinta-feira, às 19h30, no auditório da Cemig, com entrada gratuita.

Depois do sucesso de “Como conversar com um fascista”, já na décima edição e com 35 mil exemplares vendidos, Marcia Tiburi se lança em mais uma investigação em total consonância com o tempo presente. Como se deixasse o leitor defronte ao espelho de sua época, e lhe mostrasse pela primeira vez aquilo que ele sempre viu, Tiburi descortina detalhes do cenário onde reside hoje todo o nosso mal-estar estético e ético. Os ensaios de “Ridículo político” mostram, acima de tudo, como deveria ser tratada com mais seriedade a relação entre política e estética.

TRECHO: 

“O termo ridículo é usado tanto para falar de algo insignificante, daquilo que não faria diferença, quanto para dar sinal de uma cena escandalosa. Neste livro, quer-se compreender seu potencial intimamente ligado, em nosso tempo, ao que podemos denominar o momento publicitário da política, que muito tem contribuído para a aniquilação de sua própria ideia como algo positivo. O problema é que política não é algo que se destrói, mas algo que se transforma, e, nesse caso, podemos dizer que o ridículo político é a sua deturpação. O que vem a ser política na era da racionalidade publicitária é a nossa questão. O ridículo político é um efeito da deturpação da política na era do espetáculo; é a deturpação do direito a aparecer, bem como do direito à expressão, do direito de representar e de ser representado. Ridículo político seria, portanto, a forma visível da crise do político enquanto o poder o utiliza justamente para acobertar essa crise.”

Marcia Tiburi estudou artes e filosofia. É autora de ensaios filosóficos, entre eles Filosofia em comumFilosofia prática e Como conversar com um fascista, além dos romances MagnóliaEra meu esse rosto e Uma fuga perfeita é sem volta, todos publicados pelo Grupo Editorial Record.

Serviço: Sempre Um Papo com Marcia Tiburi

Dia 17 de agosto –  quinta-feira, às 19h30, com entrada gratuita

Local: Auditório da Cemig – Rua Alvarenga Peixoto, 1200, Santo Agostinho – BH/MG

Informações: www.sempreumpapo.com.br / 31 32611501

Assessoria de imprensa: Jozane Faleiro – jozane@sempreumpapo.com.br – 31 992046367  – 35676714

0 0 1900 09 agosto, 2017 Agenda Cultural, Cultura Organizacional agosto 9, 2017

Sobre o autor

CEO e Fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Diário do Comércio, Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club.

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • Japoneses planejam primeiras colônias lunares
    Japoneses planejam primeiras colônias lunares
  • Porsche abandona o diesel
  • “O Homem no Espelho”: Espetáculo musical que reverencia Michael Jackson, em cartaz no Sesc Palladium, dias 26 e 27 de outubro
  • As pesquisas como fator eleitoral
  • Mobilidade urbana não entra no debate de candidatos aos governo de Minas
  • Você decide. E arca com as consequências
  • BRASIL MOSTRA TUA CARA