Jovens músicos compartilham com o público música e aprendizado
Publicado por

Jovens músicos compartilham com o público música e aprendizado

Série de recitais proporciona a vivência de palco com o aval de importantes nomes da música erudita no estado

O Jovem Músico BDMG seleciona cantores e instrumentistas de até 25 anos, mineiros ou residentes no estado há mais de dois anos, que se dedicam a música erudita. A escolha dos jovens que participam dos recitais é realizada por uma comissão julgadora independente, formada por consagrados músicos e professores da capital. Este ano, os responsáveis pela seleção foram Carlos Aleixo, Míriam Bastos e Rubner Abreu.

No dia 5 de setembro, às 19h30, na Sala Juvenal Dias, do Palácio das Artes, se apresentarão o Duo Ankh, formado por Alef Caetano (flauta) e Ighor Bastos (piano); Marcelo Carvalho (piano); Bruna Caroline (violino); Gisele Fernandes (canto) e Juliana Marin (piano); e Paulo Rosa (saxofone).

Neste recital, entre os sete músicos, dois deles são de fora de Belo Horizonte: a violinista Bruna Caroline e a cantora Gisele Fernandes. “Subir ao palco e compartilhar com o público o resultado de anos de estudo é sempre um momento gratificante e dasafiador. Cada recital é uma grande oportunidade de aprendizado e de reconhecimento do público, materializado em palmas que sucedem a apresentação. É onde encontramos nossa recompensa e renovamos nossas forças para continuar nesta longa jornada de dedicação à arte”, explica Bruna Caroline, de 24 anos, natural de João Pessoa. A artista reside em Juiz de Fora, onde realizou seu bacharelado em violino.

Alef Caetano, do duo Ankh, é veterano no Jovem Músico BDMG. O flautista já se apresentou como solista, e agora retorna com o seu duo que, desde 2003, se apresenta em palcos da capital mineira e do interior. “Esse projeto é uma oportunidade de levar música de qualidade ao público e de fomentar em nós, jovens, o desejo de aperfeiçoamento musical para sempre ofertarmos o nosso melhor às pessoas ávidas de cultura”, conta Alef.

De acordo com Míriam Bastos, professora da UEMG, é no palco que o aluno aprende. Por isso, a série de recitais se torna tão importante na formação dos músicos. “É no palco que o aluno aprende. É junto do público que o músico pode dialogar, fazer ouvir sua voz, sua mensagem e sair do âmbito de sala de aula”, comenta a pianista.

Até dezembro, os recitais acontecerão sempre na primeira terça-feira do mês, com ingressos a preço popular: R$2 (inteira) e R$1 (meia-entrada).

Serviço

Jovem Músico BDMG apresenta Duo Ankh (Alef Caetano e Ighor Bastos) – flauta e piano; Marcelo Carvalho (piano); Bruna Caroline (violino); Gisele Fernandes e Juliana Marin (canto e piano), e Paulo Rosa (saxofone)

5 de setembro, às 19h30

Sala Juvenal Dias – Palácio das Artes – Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro

Ingressos à venda na bilheteria do Palácio das Artes – R$2 (inteira) e R$1 (meia-entrada)

Mais informações: (31) 3219-8691

Conheça os participantes do recital do dia 5 de setembro

– Duo Ankh (flauta e piano)

O Duo Ankh é formado pelo flautista Alef Caetano, de 24 anos, belo-horizontino e veterano no Jovem Músico BDMG, e pelo pianista Ighor Bastos, de 23 anos, natural de Timóteo. A dupla se apresenta desde 2003 em palcos da capital mineira e pelo interior do estado, executando peças do repertório de flauta e piano pouco tocadas atualmente nas salas de concerto. O duo participou da Virada Cultural de Belo Horizonte, em 2013 e 2015, e conta com uma seleção musical que mescla música erudita brasileira e internacional. Alef é bacharel em flauta pela UFMG e integrou a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo. Apresenta-se na Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Orquestra Jovem de Inhotim como convidado. Em Belo Horizonte, faz parte da Flutuar Orquestra de Flautas e Flautti Orquestra de Flautas, além de trabalhar com o Quinteto Ventos de Minas e Duo Mineiro. Cursando bacharelado em piano na UFMG, Ighor é pianista da Orquestra Multiplayer e do Núcleo de Música Coral da UFMG.

– Marcelo Carvalho (piano)

Marcelo Carvalho nasceu em São Paulo e tem 21 anos. O pianista iniciou seus estudos musicais aos 10 anos, na capital paulista, e aos 14 anos entrou para o Conservatório Municipal de Poços de Caldas. Em Belo Horizonte, deu continuidade aos estudos com Wagner Schultz, responsável pelo seu amadurecimento musical. Participou de masterclasses com Berenice Menegale, Júnia Canton e Rosiane Lemos. Em 2017, foi selecionado pelo programa Segunda Musical da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Atualmente, cursa bacharelado em piano na UFMG, sob orientação do professor Miguel Rosselini.

– Bruna Caroline (violino)

Aos 24 anos, Bruna Caroline é bacharel em violino pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), na classe do professor e mestre Eliézer Isidoro, e mestre em música pela UFMG, onde foi orientada pelo professor e doutor Edson Queiroz. Natural de João Pessoa, na Paraíba, participou de festivais e masterclasses com Theodora Geraets, Marcello Guerchfeld, Daniel Guedes, Aaron Boyd, Paulo Bosísio, Alessandro Borgomanero, Leonardo Lacerda e Eliane Tokeshi. Em 2014, se apresentou no Jovem Músico BDMG ao lado do violonista Filipe Malta e, neste mesmo ano, foi solista do Concerto para Dois Violinos de Bach, na série Orquestra de Câmara Pró-Música/UFJF. Como bolsista na Universidade de Évora, em Portugal, estudou durante seis meses com Valentin Stefanov e Liviu Scripcaru. Entre 2012 e 2014, participou do grupo de pesquisa em música contemporânea da UFJF, onde desenvolveu trabalhos de música de câmara por meio do Trio Comus.

– Gisele Fernandes e Juliana Marin (canto e piano)

Gisele Fernandes iniciou seus estudos musicais em sua cidade natal, Conselheiro Lafaiete. No Madrigal Roda Viva, a soprano participou de festivais em Minas Gerais e no Uruguai. Em 2017, passou a integrar o Coral Lírico de Minas Gerais e foi selecionada para o Segunda Musical da Assembleia Legislativa do estado. Atualmente, aos 24 anos, é aluna do curso de música da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), na classe da professora Elenis Guimarães, e recebe orientação de Aline Lobão. É cantora e preparadora vocal do Madrigal Beija Flor. Juliana Marin tem 22 anos e é de São Caetano do Sul, São Paulo. É graduada no curso de licenciatura em música da UFSJ, com habilitação em piano, na classe do professor Jayme Guimarães. Iniciou seus estudos musicais aos 12 anos, com a professora Márcia Pontes. Fez parte da Casa de Música de Ouro Branco, sob orientação de Gustavo do Carmo. Participou de masterclasses com Viviane Taliberti, Flávio Augusto, Carla Reis, Eudóxia de Barros, entre outros Em 2012 e 2014 foi selecionada para o concurso Música XXI, e em 2014 e 2017, para o Segunda Musical. Leciona em escolas de musicalização no ensino infantil e fundamental, e dá aulas particulares em Belo Horizonte e Conselheiro Lafaiete.

– Paulo Rosa (saxofone)

Paulo Rosa nasceu em São José do Rio Pardo, em São Paulo. Iniciou seus estudos musicais em 2010, no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos Campos, de Tatuí. Tocou com nomes consagrados da música no país e do exterior, como o maestro Alexis Soriano, Fábio Mechetti, Plácido Domingo Jr., Nádia Figueiredo e Vittor Santos, com destaque para a estreia nacional do arranjo para big band da obra “A Sagração da Primavera”, de Igor Stravinsky, por Darryl Brenzel, sob regência de Oilliam Lanna com a Geraes Big Band da UFMG. Participou de festivais e masterclasses com Claude Delangle, Dilson Florêncio, Vicent David, Marc Sieffert, Michel Supéra, Marie – Bernadette Charrier, Sergey Kolesov, Dave Pietro, Alan Crépin, Nailor ‘Proveta’ de Azevedo, entre outros. Com 20 anos, é membro do Quarteto Mineiro de Saxofones e do Ensemble Libertas de Música Contemporânea, além de cursar bacharelado em saxofone erudito pela UFMG, sob orientação do professor e mestre Robson Saquett.

LUIZA SERRANO
Assessora de Comunicação
Tel: (31) 3219-8691 Cel: (31) 99313-5508
www.bdmgcultural.mg.gov.br

BDMG CULTURAL

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé, atividades ao ar livre e close-up
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, planta e atividades ao ar livre
0 0 1630 30 agosto, 2017 Agenda Cultural agosto 30, 2017

Sobre o autor

CEO e Fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Diário do Comércio, Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club.

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • A morte do sandinismo histórico
    A morte do sandinismo histórico
  • A inflexibilidade alemã
  • VAMP O MUSICAL – COM CLAUDIA OHANA E NEY LATORRACA NO ELENCO
  • Riviera lança álbum “Aquário” no Cine Theatro Brasil Vallourec
  • Inscrições abertas para o curso técnico em enfermagem da Escola Técnica Santa Casa BH
  • Retrato desenhado a mais de 198 anos, por Jean Antoine Felix Dissandes de Monlevade.
  • Arthur Melo faz show de pré lançamento do seu novo disco em BH