Grupo Giramundo convida a Orquestra Jovem de Inhotim para mergulhar na mágica história de Pedro e o Lobo
Publicado por

Grupo Giramundo convida a Orquestra Jovem de Inhotim para mergulhar na mágica história de Pedro e o Lobo

Encenada desde 1993, a versão para bonecos receberá a formação de crianças e jovens. Esta é a primeira vez que uma orquestra do gênero se apresenta com o grupo

Bonecos, cordas, flauta, oboé, clarineta, fagote, trompete, trombone, trompas, tímpanos e percussão contarão no dia 27 de agosto, às 16h, no Teatro Municipal Manoel Franzen de Limaa história do menino Pedro. O projeto Tempo de Criança apresentará o espetáculo Pedro e o Lobo, do Grupo Giramundo, com a participação inédita da Orquestra Jovem Inhotim,  formada por jovens da Escola de Cordas.

Há 24 anos, o grupo teatral encena a versão para bonecos da peça musical do compositor russo Sergei Prokofiev (1891 – 1953), sendo o espetáculo mais apresentado pelo Giramundo. O espetáculo conta a história de Pedro, uma criança muito valente que vive com o avô e que resolve enfrentar um lobo com a ajuda de seus amigos animais. Cada personagem é identificado por um som, apresentando ao público a estrutura elementar de uma orquestra, seus principais timbres e famílias de instrumentos.

Para contar essa aventura, o Giramundo se apresentará pela primeira vez com uma orquestra formada por crianças e jovens, a Orquestra Jovem de Inhotim, regida pelo maestro César Timóteo.  Para Timóteo, esta é uma maneira de despertar curiosidade no público. “Podemos ensinar, de maneira lúdica, como é o som de cada instrumento, ao associá-lo com um personagem ou com um barulho. O fagote, instrumento com timbre mais grave, representa o avô; as flautas, passarinhos; os tímpanos, barulhos de tiros”. O maestro completa: “A Orquestra Jovem representa o personagem central da história: Pedro, que aparece sempre alegre. As cordas executam uma música mais descontraída que combina com o perfil dessa personagem”.

O projeto Tempo de Criança tem patrocínio da NET e da CLARO. O projeto Escola de Cordas tem o patrocínio exclusivo da Vale por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Grupo Giramundo

O Giramundo foi criado em Belo Horizonte, em 1970, pelos artistas plásticos Álvaro Apocalypse, Tereza Veloso e Madu. Em seus primeiros 40 anos, transformou madeira, gente e sonhos em bonecos animados. O grupo traz em sua bagagem a montagem de 34 espetáculos teatrais e um acervo de cerca de 1500 bonecos e objetos de cena. Atualmente, o Giramundo tem uma estrutura formada por Museu, Escola e Estúdio de Animação. Extrapolando a concepção original da sua criação de ser apenas um grupo teatral, o Giramundo se transformou em um centro de referência, com núcleo multimídia, experimentador de uma cena de animação, onde convivem bonecos reais e suas versões digitais. Essa mistura do teatro de bonecos, vídeo, animação, música, dança e artes plásticas forma o território do grupo, versão século XXI.

Orquestra Jovem de Inhotim

A Orquestra Jovem faz parte das ações implantadas pelo Instituto Inhotim desde 2012 e consiste em oferecer oportunidade de formação musical gratuita em instrumentos sinfônicos de cordas para crianças e jovens, prioritariamente estudantes da rede pública de ensino e residentes em Brumadinho, município composto por localidades de zona rural, distritos e comunidades quilombolas. O Inhotim empresta o instrumento para que cada um possa estudar em casa. As aulas acontecem dentro do Instituto desde o ano passado, em um ambiente construído especificamente para oferecer as aulas. A principal missão do projeto é promover o pleno desenvolvimento sociocultural dos seus participantes, contribuindo para a consolidação do potencial artístico da região. Sob a regência do maestro César Timóteo, diretor-artístico do projeto, esse grupo contribui para o reconhecimento do cenário musical do Médio Vale do Paraopeba como um pólo produtor e consumidor de manifestações musicais de alto valor artístico.

Serviço

Projeto Tempo de Criança apresenta Pedro e o Lobo, com Grupo Giramundo e Orquestra Jovem de Inhotim

Dia 27 de agosto, às 16h

Teatro Municipal Manoel Franzen de Lima – Nova Lima

Classificação livre

Ingressos: R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada)

Venda de ingressos a partir do dia 14 de agosto, na bilheteria do teatro (vendas somente em dinheiro) – de segunda a sexta-feira, de 9h às 11h, e de 13h às 17h

Venda online: www.centraldoseventos.com.br (sujeito a taxas)

Mais informações: (31) 3542-5949

 

Assessoria de imprensa – Beth Santos – 31 99123 8000

0 0 760 19 agosto, 2017 Agenda Cultural agosto 19, 2017

Sobre o autor

CEO e Fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Diário do Comércio, Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club.

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • Ortega volta atrás em reforma da previdência na Nicarágua
    Ortega volta atrás em reforma da previdência na Nicarágua
  • Macron: não há “plano B” para acordo nuclear com Irã
  • Criminalidade na Alemanha teve maior decréscimo em 25 anos
  • Como a impressão 3D está revolucionando a indústria
  • Coladera inicia temporada dos shows no Brasil de seu novo disco, La Dôtu Lado
  • “BRINCAR DE MORAR EM LIVRO” TRAZ CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS PARA PÚBLICO DO MEMORIAL VALE
  • Vistoriam spa e ignoram os enjaulados