Francesco Napoli apresenta novo trabalho no “Salve o Compositor”
Publicado por

Francesco Napoli apresenta novo trabalho no “Salve o Compositor”

Membro das bandas Falcatrua e Carmen Fem, multiartista mineiro mostra os poemas musicais do álbum “Cavalo e Catarse” na próxima quinta (10/8), no Sesc Palladium

Pensar a palavra a partir de outros territórios, fugindo dos parâmetros convencionais da canção e da poesia falada. Essa é uma das pesquisas do mineiro Francesco Napoli, multiartista hiperativo que há quase duas décadas transita entre diferentes linguagens da cena artística de Belo Horizonte. Membro das bandas Falcatrua e Carmen Fem, ele apresenta seu segundo álbum solo, “Cavalo e Catarse”, na próxima quinta-feira (10/8), no Sesc Palladium. O show integra o projeto “Salve o Compositor”, que busca abrir espaço para a divulgação de novos autores de Minas Gerais.

Para o novo disco, Napoli criou oito fragmentos de canção baseados nos poemas do livro homônimo de Djami Sezostre, pseudônimo do poeta e agitador cultural mineiro Wilmar Silva de Andrade. “Para mim, é muito natural escrever um texto e depois trazê-lo para esse lugar da música, diferente de outros compositores que já pensam a canção naquela estrutura convencional. Mas o caso do ‘Cavalo’ é curioso, porque parti do conceito de canção, mas de uma forma fragmentada, em que o texto continua como protagonista”, explica. “É um disco baseado em poemas, então por mais que eu tente achar soluções através da canção, o que está em jogo é o texto, a poesia, com seu ritmo, suas dinâmicas, suas sugestões”, completa.

Napoli explica que o conceito de inacabamento, presente nos poemas de Sezostre, foi mantido na transposição para a música. “Todos os poemas só têm, por exemplo, uma parte. Não tem parte A, parte B. É uma coisa meio mântrica, assim. Há uma ambientação, uma sequência de acordes que se repete, mas sem uma segunda parte”, afirma. “Quis preservar esse inacabado que o texto tem e trazer isso para a música. As canções são pequenas, exploram os timbres de guitarra, os ruídos, assim como no meu primeiro disco, ‘Pausa Para’ (2011)”, diz.

No segundo álbum, Napoli gravou vozes, guitarras, baixo e violão, deixando a bateria com Pablo Campos. “É um disco de estúdio, que vai ganhar outra forma ao vivo, no palco”, ressalta. “As temáticas de Sezostre, que participou do meu primeiro álbum solo, são sempre bucólicas. Refletem um desejo de voltar à origem da própria língua em seu estado primitivo, uma espécie de retorno à natureza. São textos bem livres, às vezes prosaicos, às vezes mais fragmentados, mas que sempre sugerem essa coisa de ter um certo inacabamento”, afirma.

“Os poemas musicais são fragmentos de canção minimalistas que trazem uma sutileza de timbres de guitarra e colocam a voz entre o canto e a fala”, completa, lembrando que o show tem participação de Djami Sezostre e da cantora e multiartista Camila Buzelin, que também assina cenário, luz e figurino. No espetáculo, Napoli – que vai executar o disco na íntegra, além de poemas do primeiro trabalho e novidades – estará acompanhado pelos músicos Kim Gomes, Pablo Campos e Raphael Sales. Participam, também, os companheiros de “Pausa Para” Dáblio Slama, Gleison RC, Aleks Ka e Mamede.

Sobre Francesco Napoli

Guitarrista e compositor das bandas Falcatrua e Carmen Fem, Napoli também atua como poeta e tem três livros publicados, além de um currículo de performances pelo Brasil, América latina e Europa. Produz e apresenta, pela rádio UFMG Educativa, o programa de experimentação poética “Tropofonia”. Pela rádio Inconfidência, apresenta o quadro “Banda de Lá banda de Cá”, sobre a nova música brasileira. Lançou seu primeiro disco solo em 2011, intitulado “Pausa Para”.

SERVIÇO

“Salve o Compositor” apresenta Francesco Napoli: “Cavalo e Catarse”
Quando. 10 de agosto (quinta-feira), às 21h
Onde. Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro)
Quanto. R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia-entrada), R$ 4 (comerciários)
Mais. fb.com/events/1918332708437049

Informações para a imprensa:
Lucas Buzatti
(31)99584-6364
comunicacaofloriano@gmail.com

A imagem pode conter: 1 pessoa, barba e área interna
0 0 1120 04 agosto, 2017 Agenda Cultural agosto 4, 2017

Sobre o autor

CEO e Fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Diário do Comércio, Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club.

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • VENDE-SE DOIS LOTES DE TERRAS – MUNICÍPIO DE BORBA – ESTADO DO AMAZONAS – BRASIL / BRAZIL
    VENDE-SE DOIS LOTES DE TERRAS – MUNICÍPIO DE BORBA – ESTADO DO AMAZONAS – BRASIL / BRAZIL
  • Cem anos de Ingmar Bergman, ícone do cinema
  • Cair para levantar
  • Israel e Hamas fecham cessar-fogo após onda de bombardeios
  • Meninos tailandeses agradecem por terem sido salvos
  • Brasileiro conquista ouro na Olimpíada Internacional de Matemática
  • Eventos climáticos extremos devem ser cada vez mais fatais