DUO + DOIS na série BH Instrumental: Duofel + Carlos Malta + Robertinho Silva
Publicado por

DUO + DOIS na série BH Instrumental: Duofel + Carlos Malta + Robertinho Silva

Fernando Melo e Luiz Bueno do Duofel se unem ao escultor dos ventos Carlos Malta e ao lendário percussionista Robertinho Silva para show na capital, com abertura do prata da casa Sérgio Danilo

Se um é já bom, imagina em dose dupla? No dia 11 de novembro, às 19h30, a série BH Instrumental receberá o Duo + Dois, com Duofel, Carlos Malta e Robertinho Silva. Eles se apresentarão na Praça Floriano Peixoto. Quem fará as honras da casa é o saxofonista e compositor Sérgio Danilo, com o repertório do show Temporal O músico foi um dos selecionados pelo edital do Projeto Série BH Instrumental, realizado pela Veredas Produções, em parceria com o Instituto Unimed-BH, por meio do incentivo de mais de 4,5 mil médicos cooperados e colaboradores pela Lei Federal de Incentivo à Cultura. O acesso será gratuito.

O encontro surgiu a partir do desejo de Carlos Malta em compartilhar a sua música com o Duofel, emparelhando seu sopro com as cordas de Fernando Melo e Luiz Bueno, somando linguagens, sotaques e timbres. Robertinho Silva também sempre manifestou a sua vontade de tocar com o duo. Do sonho, realidade. O duo que imaginava subir ao palco com uma formação como essa, concretizou os desejos no show Duo + Dois.

O repertório contempla versões de clássicos da música popular brasileira, como Ponteio e Casa Forte, de Edu Lobo; Cais, de Milton Nascimento; Água de Beber, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes; Tema de Viola e Roda Gigante, de Fernando Melo e Luiz Bueno; Consolação e Berimbau, de Baden Powell; entre outros.

Sérgio Danilo apresenta Temporal

Após vencer o 14º Prêmio BDMG Instrumental, Sérgio Danilo se dedicou ainda mais às suas composições autorais. Temporal é uma mistura de experiências do saxofonista ao longo dos 21 anos de carreira. O show propõe uma viagem instrumental entre cirandas, choros e bossas, com uma linguagem jazzística requintada do saxofone, embalada pela reconhecida harmonia mineira.

Conheça mais sobre os artistas

– Duofel

Fernando Melo e Luiz Bueno começaram a tocar juntos há mais de 30 anos, mas foi em 1985 que formaram o Duofel. O alagoano Fernando e o paulistano Luiz são autodidatas e acreditam na música como experimentação e ousadia. O duo acompanhou Tetê Espíndola e Hermeto Pascoal. Com a música “Do outro lado do oceano”, foi contemplado com o Prêmio Sharp, na categoria melhor música instrumental. Ao lado de Sebastião Tapajós, os músicos atuaram na Alemanha, Áustria, Bélgica e Lichtenstein.

– Carlos Malta

Conhecido como escultor do vento, Carlos Malta é multi-instrumentista, compositor, orquestrador, educador e produtor. Entre os CD’s lançados, Carlos Malta e Pife Muderno foi indicado ao Grammy Latino com um repertório de novas leituras para bandas de pífano. Como educador, ministrou aulas na Berklee School, no Conservatório da França, na Universidade da Flórida e da Dinamarca, e no Royal Conservatory of Music. Carlos já se apresentou com Bob Mc Ferryn, Dave Matthews Band, e Roberto Carlos e Caetano Veloso no Tributo a Tom Jobim.

 

– Robertinho Silva

O percussionista e baterista carioca Robertinho Silva aprendeu a tocar por conta própria. Aos 15 anos se apresentava profissionalmente em bailes. Ao lado de Milton Nascimento, tocou por 25 anos. O músico integrou o grupo Som Imaginário, entre 1970 e 1973, e trabalhou com nomes como Gilberto Gil, Toninho Horta, João Donato e grandes nomes do jazz mundial. Atualmente, dedica-se a pesquisa de ritmos regionais brasileiros, projetos musicais  e ao Centro de Percussão Alternativo Robertinho Silva, escola de música que criou em 1997.

 

Circuito Instituto Unimed-BH

Criado para estimular a saúde, o bem-estar e a convivência ao ar livre, o Circuito Instituto Unimed-BH oferece gratuitamente atividades físicas, de lazer e socioculturais, em espaços públicos, como a Praça da Saúde e a Praça Floriano Peixoto, em Belo Horizonte, e a Praça Milton Campos, em Betim Em 2016, mais de 70 atrações culturais foram realizadas, prestigiadas por 47 mil pessoas.


Instituto Unimed-BH

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH foi criado em 2003 com a missão de conduzir o Programa de Responsabilidade Social Cooperativista da Unimed-BH. Os projetos desenvolvidos têm na saúde sua área prioritária, mas mantêm interface com outros campos por meio de cinco linhas de ação: Comunidade, Meio ambiente, Voluntariado, Adoção de espaços públicos e Cultura.

 

Série BH Instrumental

Realizado pela Veredas Produções, o  projeto integra o Circuito Instituto Unimed-BH e busca divulgar a música instrumental. A série traz aos palcos grandes instrumentistas, com o objetivo de formar público para música e popularizar o acesso a espetáculos de qualidade, desenvolvendo, assim, a consciência crítica dos cidadãos. Sua programação conta com o patrocínio do Instituto Unimed-BH, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura,  através do incentivo de 4,5 mil médicos cooperados e colaboradores.

Serviço

Série BH Instrumental apresenta Duo + Dois – Duofel + Carlos Malta + Robertinho Silva

Abertura Sérgio Danilo

Dia 11 de outubro, a partir das 19h30

Praça Floriano Peixoto

Informações – 3222 5271 / – Acesso gratuito

 

Assessoria de imprensa – Beth Santos – 31 99123 8000

0 0 1250 26 outubro, 2017 Agenda Cultural, Fique Por Dentro outubro 26, 2017

Sobre o autor

CEO e Fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Diário do Comércio, Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club.

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • A morte do sandinismo histórico
    A morte do sandinismo histórico
  • A inflexibilidade alemã
  • VAMP O MUSICAL – COM CLAUDIA OHANA E NEY LATORRACA NO ELENCO
  • Riviera lança álbum “Aquário” no Cine Theatro Brasil Vallourec
  • Inscrições abertas para o curso técnico em enfermagem da Escola Técnica Santa Casa BH
  • Retrato desenhado a mais de 198 anos, por Jean Antoine Felix Dissandes de Monlevade.
  • Arthur Melo faz show de pré lançamento do seu novo disco em BH