Alice Caymmi vai colocar os belo-horizontinos para dançar
Publicado por

Alice Caymmi vai colocar os belo-horizontinos para dançar

Acompanhada pelo produtor Rodrigo Gorky e dois bailarinos, a cantora apresentará em BH “Louca”, seu novo single

Funk, música eletrônica e axés dos anos 90 vão agitar a pista de dança de Alice Caymmi, dia 30 de junho, às 21h, no Teatro Bradesco. Com cabelos rosados e muita personalidade, a cantora apresentará seu novo single, Louca, com produção de Rodrigo Gorky e João Brasil. O show faz parte do projeto Mistura Minas, realizado pela Casulo Cultura.

Sucesso da novela “Maria do Bairro”, na voz de Talia, a música Louca chegou até Alice por meio da versão brega da pernambucana Banda Kitara. No vozeirão da cantora, a canção ganhou um toque mais dramático, com a ajuda dos produtores Rodrigo Gorki e João Brasil. “Eu me interessei por Louca porque ela tem uma melodia consistente e, ao contrário do que eu estou acostumada a cantar, fala de um amor que é intenso e feliz”, resume a cantora.

Nascida em berço musical, a neta de Dorival Caymmi e filha de Danilo Caymmi, será acompanhada no show por Gorky e dois bailarinos. O repertório inclui os samplers e o funk do seu álbum “Rainha dos Raios”, e canções conhecidas pelo público, como Rap da Cidade de Deus, de Cidinho e Cidoca; Rap do amor, Sinistro e Mião; Vem meu amor, Banda Eva; I miss her, Olodum; e What’s my name, Moacir Santos.

A jovem cantora fez sua primeira gravação aos 12 anos, no disco de Nana Caymmi, com quem também fez sua estreia nos palcos Integrante da nova geração de artistas da MPB, Alice não se prende a apenas um estilo, e já lançou dois CDs, um deles, com composições autorais e regravações de Dorival Caymmi e Björk. Em 2015, sua canção Como Vês fez parte da trilha sonora da minissérie “Felizes para Sempre”, da Rede Globo.

A Casulo Cultura

Comemorando 10 anos, a Casulo Cultura atua em Belo Horizonte e dá continuidade ao seu trabalho na área de projetos culturais e eventos, abraçando todas as etapas, que vão da concepção até a gestão. O objetivo da Casulo é realizar ações que estimulem a cena e promovam o intercâmbio de informações, priorizando a troca de experiências, a formação de público e a criação de um circuito artístico sustentável, pensando sempre no público e artistas.

Nesta uma década de atividades, os principais projetos realizados são Stereoteca, Claro Minas Instrumental, Do Morro ao Asfalto, Mapeamento da Música em Minas, Seminário Prática da Música, Coletânea Brasileiríssima, Festival de Cinema Imagens da Cultura Popular, Natura Musical, Festival Vozes do Brasil, Festival Vilas e Favelas e Carnaval Sapucaí.; além dos shows de Marcelo D2, Nação Zumbi, Seu Jorge, Mombojó, Mundo Livre, Orquestra Manguefônica, entre outros.

À frente da Casulo está Danusa Carvalho, experiente produtora com mais de 20 anos de atuação no desenvolvimento de projetos em diversos setores culturais. Especialista em produção executiva, marketing, agenciamento de artistas e coordenação de projetos e eventos, Danusa já trabalhou com grandes nomes da cultura brasileira, entre eles Farofa Carioca, Seu Jorge, Cássia Eller e Kátia Lund. Atualmente, desenvolve a carreira do artista Flávio Renegado.

Serviço

Alice Caymmi apresenta seu novo single, Louca

Data: 30 de junho – sexta-feira

Horário: 21 horas.

Local: Teatro Bradesco | Centro Cultural Minas Tênis Clube – Rua da Bahia, 2244 – Lourdes

Classificação etária: Livre

Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

*Funcionamento da Bilheteria: Segunda a Sábado de 12h às 21h e Domingo de 12h às 19h. Telefone: 3516-1360

Assessoria de imprensa – Beth Santos

0 0 1440 23 junho, 2017 Agenda Cultural junho 23, 2017

Sobre o autor

CEO e Fundador da 2/1 Revista Eletrônica, Relações Corporativas, Ombudsman, atuou no Jornal O GLOBO (GRUPO GLOBO), Diário da Tarde (Diários Associados), Diário do Comércio, Pohlig Heckel do Brasil (Grupo Belgo Mineira) e Diretor de Relações Públicas do Rotary Club.

Ver todos os artigos por Jean Hausemer

Postagens relacionadas

Artigos recentes

  • A morte do sandinismo histórico
    A morte do sandinismo histórico
  • A inflexibilidade alemã
  • VAMP O MUSICAL – COM CLAUDIA OHANA E NEY LATORRACA NO ELENCO
  • Riviera lança álbum “Aquário” no Cine Theatro Brasil Vallourec
  • Inscrições abertas para o curso técnico em enfermagem da Escola Técnica Santa Casa BH
  • Retrato desenhado a mais de 198 anos, por Jean Antoine Felix Dissandes de Monlevade.
  • Arthur Melo faz show de pré lançamento do seu novo disco em BH